Agência russa divulga vídeo com explosão da maior bomba da história
Saiba o que é a Apostila da Haia, suas facilidades e como obtê-la
28/08/2020
Tóquio instala banheiros públicos com paredes transparentes
01/09/2020

Agência russa divulga vídeo com explosão da maior bomba da história

O mundo viveu um grande período de instabilidade logo após o fim da II Guerra Mundial. Estados Unidos e União Soviética duelavam para ver quem chegaria primeiro ao espaço, à Lua e quem tinha mais poder bélico. Foi nesse período que muitos testes com bombas nucleares foram realizados no mundo e uma das maiores explosões já registradas foi divulgada em vídeo recentemente. O vídeo da bomba, com pouco mais de 40 minutos de duração, foi disponibilizado pela Rosatom, a agência atômica russa.

O mundo viveu um grande período de instabilidade logo após o fim da II Guerra Mundial. Estados Unidos e União Soviética duelavam para ver quem chegaria primeiro ao espaço, à Lua e quem tinha mais poder bélico. Foi nesse período que muitos testes com bombas nucleares foram realizados no mundo e uma das maiores explosões já registradas foi divulgada em vídeo recentemente. O vídeo da bomba, com pouco mais de 40 minutos de duração, foi disponibilizado pela Rosatom, a agência atômica russa.
A explosão da bomba Czar aconteceu no dia 30 de outubro de 1961, em um arquipélago da Rússia no Círculo Ártico.

A explosão foi realizada com a bomba Czar, a maior bomba nuclear de todos os tempos. O teste aconteceu no dia 30 de outubro de 1961 em um arquipélago da Rússia no Círculo Ártico e tudo foi filmado por aviões soviéticos que monitoravam a equipe. O vídeo, que pode ser visto a seguir, mostra as preparações para a detonação, as imagens da nuvem de fumaça e o estrago causado pela detonação da bomba nuclear.

A bomba atômica Czar explodiu a quatro quilômetros do chão, e a nuvem em forma de cogumelo chegou a 64 quilômetros de altura. A luz da explosão pôde ser vista a quase mil quilômetros de distância e uma vila a 54 quilômetros do local do teste foi completamente destruída. A bomba Czar era 700 vezes mais poderosa do que a bomba que destruiu a cidade de Hiroshima, no Japão, no fim da II Guerra Mundial, e precisou ser lançada por um paraquedas, para que os pilotos dos aviões pudessem sobreviver.

Testes com bomba nuclear

Dados oficiais indicam que a União Soviética começou a testar bombas nucleares em 1949 e fez 36 detonações em 1958. Contudo, o país que mais fez testes com bombas nucleares na história foi os Estados Unidos, com 1.132 experimentos entre 1945 e 1992. Recentemente, registramos aqui no blog da Traduzca o projeto de um designer que criou um mapa apresentando os locais onde bombas atômicas foram testadas.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?