Antigo deus maia lembra e é comparado ao super-herói Batman
Cartas escritas por Anne Frank para sua avó são traduzidas e publicadas
31 de maio de 2019
Alunos das Filipinas terão que plantar árvores antes de se formarem na escola
4 de junho de 2019

Antigo deus maia lembra e é comparado ao super-herói Batman

Gotham City nunca mais foi a mesma desde que Bruce Wayne adotou sua personalidade mais conhecida. Com fãs no mundo todo, o super-herói sem poderes luta contra o crime durante a noite usando uma roupa inspirada em um morcego. O Batman, porém, surgiu muito antes de Bob Kane e Bill Finger o criarem em 1939. Hoje, o blog da Traduzca conta a história de Camazotz, um deus maia adorado há 2.500 anos, e que trazia uma simbologia bem semelhante ao nome da DC Comics.

Orelhas pontudas, cabeça de morcego e corpo de humano. Camazotz era uma divindade da América pré-hispânica que representava a noite, a morte e o sacrifício. Com uma descrição semelhante ao Batman, registros do deus maia são encontrados até o ano 200 a.C., e acredita-se que sua adoração tenha começado entre os zapotecas de Oaxaca, no México, e tenha ultrapassado fronteiras, chegando a Guatemala e Honduras, onde sua representação pode ser encontrada no Museu de Copán.

Registros sobre o Camazotz, ou Camazot, podem ser encontrados no Popol Vuh, traduzido do idioma quiché para o português como “livro da comunidade”. O documento é um registro da cultura maia produzido no século XVI com uma compilação de narrativas míticas, lendárias e históricas, que apresenta a concepção do mundo na visão deste povo, também chamado de “Bíblia do Quiche Maia”. A antiga divindade foi apelidada de “mestre dos mistérios, da vida e da morte”, também semelhante ao Batman.

Pouco conhecido na cultura maia, e sem muitas informações na Internet, o nome Camazotz tem origem em duas antigas palavras maias: “k’iche”, ou “kame”, pode ser traduzido como “morte”; já “sotz”, tem como tradução “morcego”. A imagem que ilustra esta notícia, porém, não é uma representação antiga do Deus. A armadura é um trabalho realizado no estúdio Kimbal, com sede em Iucatã, no México, que projetou a escultura “Batman ancestral”, criada em 2014 como uma homenagem do grupo para comemorar os 75 anos do super-herói da DC Comics.