Busto de Alexandre, o Grande, é redescoberto em museu grego
Conheça os passos necessários para solicitar a cidadania alemã
09/08/2019
Cinco filmes de Alfred Hitchcock, o mestre do suspense no cinema
13/08/2019

Busto de Alexandre, o Grande, é redescoberto em museu grego

O passado é reescrito diariamente graças às recorrentes descobertas arqueológicas. Documentos, artefatos, esqueletos e esculturas são encontrados a todo momento por expedições de pesquisadores a sítios arqueológicos e lugares que foram importantes centros urbanos no passado. Mas uma situação inusitada aconteceu no Museu Arqueológico de Veroia, na Grécia: um busto de mármore de Alexandre, o Grande, foi redescoberto no depósito do espaço cultural. O anúncio da descoberta foi feito pela diretora do Ministério Helênico de Cultura e Esportes, Angeliki Kottaridi, em seu perfil no Facebook.

Alexandre, o Grande, é uma das mais importantes figuras do mundo antigo. Orientado pelo grego Aristóteles até os 16 anos de idade, Alexandre foi rei da Pérsia e Macedônia e Faraó do Egito até 323 a.C., quando morreu aos 32 anos. Especialistas dizem que o governante faleceu invicto em batalhas, sendo considerado um dos comandantes militares mais vitoriosos de todos os tempos.

Encontrado em um canto escuro do Museu Arqueológico de Veroia entre caixas com cerâmica, velhos morteiros e poluentes, o busto de Alexandre, o Grande, provavelmente foi esculpido 200 anos após a morte do governante. Em entrevista à Agência de Notícias Atenas-Macedônia, Angeliki Kottaridi disse que a peça foi localizada há alguns anos em uma aldeia grega, mas foi guardada e esquecida até “alguns meses atrás, quando estávamos nos armazéns para ajustes, e eu o vi … apesar das feridas deixadas em seu belo rosto pelas eras e pela ignorância, suas selvagens madeixas os olhos de sono ainda estavam lá”, disse a diretora do espaço em sua publicação no Facebook.

Agora, o busto de aproximadamente 2.100 anos – que sofreu desgastes que o fizeram perder o nariz – será limpo e colocado para exposição no museu em que foi encontrado. A expectativa da diretoria do espaço é que a peça esteja à disposição dos turistas para visitação até o final de 2020.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?
Powered by