Chico Buarque é o vencedor do Prêmio Camões de 2019
Pesquisador inglês afirma ter decifrado o texto do Manuscrito de Voynich
22 de maio de 2019
Ônibus oficial das Spice Girls é oferecido como hospedagem em Londres
24 de maio de 2019

Chico Buarque é o vencedor do Prêmio Camões de 2019

A mais importante distinção do idioma português tem um novo homenageado. O músico e compositor Chico Buarque de Hollanda, de 74 anos, foi confirmado na tarde da última quarta-feira, dia 22 de maio de 2019, como o 31º vencedor do Prêmio Camões. A premiação, criada em 1988, é organizada pelos governos de Portugal e do Brasil, e condecora personalidades que contribuem para o enriquecimento da cultura no idioma português. Chico é o 13º brasileiro a receber a homenagem.

Compositor, escritor e músico, Chico Buarque é um dos maiores nomes da música brasileira. Ícone da MPB, já gravou quase 50 discos ao longo de quase meio século de carreira, incluindo um álbum em espanhol, gravado em 1982. Já escreveu livros, como o premiado Budapeste, de 2003, peças de teatro e filmes, atuando em um deles, e a Ópera do Malandro, de 1985. Além do Prêmio Camões, já recebeu o Jabuti de Literatura e o Grammy Latino.

O Prêmio Camões é considerado o mais importante da literatura a premiar um autor do idioma português pelo conjunto da sua obra. A escolha do vencedor é definida por um júri composto por representantes do Brasil, de Portugal e de países africanos que falam o idioma. Além de nomes brasileiros e portugueses, autores de Angola, Moçambique e Cabo Verde também já foram premiados em edições anteriores. O último brasileiro a receber a distinção foi o romancista Raduan Nassar, em 2016.

Entre os vencedores do Prêmio Camões, estão Rachel de Queiroz, Jorge Amado, José Saramago, Lygia Fagundes Telles, João Ubaldo Ribeiro, Ferreira Gullar e Mia Couto, cuja distinção registramos aqui no blog da Traduzca em 2013. Ainda não há data definida para a cerimônia de entrega do prêmio para Chico Buarque.