_yoast_wpseo_title
Escola encontra quadro com anotações e desenhos do século passado
26 de junho de 2015
Ação na rodoviária de Porto Alegre estimula leitura de quem viaja
30 de junho de 2015

Coleção de 70 livros de metal pode ser a mais antiga da história cristã

O governo da Jordânia está tentando repatriar livros que, segundo especialistas, podem ser os mais antigos registros da história cristã. Os registros são do século I d.C., e teriam sobrevivido por mais de 2 mil anos numa caverna do país.

Segundo autoridades jordanianas, as escrituras foram contrabandeadas para Israel por um beduíno. O detentor dos livros nega a história, dizendo que as antiguidades estão na sua família há pelo menos 100 anos.

O conjunto conta com 70 livros com páginas de chumbo presas por aros de arame. Cada livro possui entre cinco e 15 folhas. As relíquias, que estão em Israel, poderiam revelar novas informações sobre o cristianismo, a crucificação e ressurreição de Jesus Cristo.

livros-02

Atualmente os registros mais antigos do tipo são os Manuscritos do Mar Morto, uma coleção de textos encontrados em cavernas de Qumran, no Mar Morto, na década de 1940.

Os livros estão escritos em hebraico antigo, a maior parte em código. As folhas de chumbo são do tamanho de um cartão de crédito. Na capa de um dos livros é possível ver o ‘menorá de sete ramificações’, símbolo proibido para os judeus. Os textos da relíquia podem ser a descoberta de maior importância até agora do cristianismo.

livros-01

Comentários