Conheça os cinco locais mais quentes da Terra
Comitê olímpico japonês divulga medalhas que serão utilizadas nos jogos de 2020
25/07/2019
Saiba porque é tradição comer nhoque todo dia 29 de cada mês
29/07/2019

Conheça os cinco locais mais quentes da Terra

Lembra quando falamos aqui no blog da Traduzca sobre Oymyakon, uma cidade siberiana conhecida como a mais gelada do mundo? Pois hoje é o oposto. O verão europeu está mais quente que o normal neste ano de 2019. Nesta semana, por exemplo, Paris registrou temperaturas que passaram dos 40ºC. A estação mais quente do ano também foi forte no Brasil e, em algumas regiões do país, o termômetro marcou alguns graus a mais durante o outono e o inverno. Se essas ondas de calor assustam, imagine morar num local que marca temperaturas superiores aos 50ºC. Conheça a seguir as cinco cidades mais quentes da Terra.

Al ‘Aziziyah, na Líbia

A cidade que registrou a temperatura mais alta do mundo fica na Líbia. Os termômetros da pequena Al ‘Aziziyah, com pouco mais de quatro mil habitantes, registraram incríveis 58ºC em 13 de setembro de 1922. A marca, porém, é contestada por especialistas em clima que apontam defeitos nos registros líbios.

Vale da Morte, nos Estados Unidos

Localizado no leste da Califórnia, o Vale da Morte compete com a cidade líbia o posto de lugar mais quente da Terra. Termômetros registraram 56,7ºC em 10 de julho de 1913. Além disso, o desértico local ainda tem a menor altitude do planeta, com 86 metros abaixo do nível do mar.

Kebili, na Tunísia

À beira do deserto do Saara, Kebili tem aproximadamente 20 mil moradores e a terceira posição no ranking de cidades mais quentes do planeta. A temperatura mais alta foi registrada em 1931, quando foi registrado 55ºC. Apesar da temperatura escaldante, o local é habitado há quase 200 mil anos.

Timbuktu, em Mali

Também rodeada pelo deserto do Saara, Timbuktu é um dos locais mais importantes da história, sendo eleita pela UNESCO para a lista de patrimônios da humanidade. Berço da prestigiada Universidade de Sancoré, a cidade é um dos locais habitados mais quentes do mundo e já registrou a temperatura de 54,5ºC.

Tirat Zvi, em Israel

O pequeno distrito israelense de Tirat Tsvi é sede de um importante kibutz, uma pequena comunidade autônoma que tem como base o trabalho agrícola e a organização igualitária. O local registrou, em 21 de junho de 1942, a temperatura recorde de 54ºC, sendo a temperatura recorde no continente asiático naquela época.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?
Powered by