Dicas de livros e filmes para entender o que foi o Dia D da Segunda Guerra Mundial
Peça de xadrez perdida há 200 anos é encontrada dentro de uma gaveta
5 de junho de 2019
Norte-americana é a pessoa mais jovem a visitar os 196 países do mundo
7 de junho de 2019

Dicas de livros e filmes para entender o que foi o Dia D da Segunda Guerra Mundial

Um dos momentos mais importantes do século XX completa 75 anos nesta quinta-feira, dia 6 de junho. Considerada a maior operação militar da história, o desembarque de tropas aliadas na Normandia, no litoral da França, durante a Segunda Guerra Mundial, ficou conhecido como o “Dia D” e envolveu exércitos de 13 países, mais de um milhão de soldados, artilharia pesada e marcou o início da derrocada nazista no conflito internacional. Para marcar a data, hoje o blog da Traduzca traz seis dicas de livros e filmes para você entender tudo sobre a operação.

Dez dias para o Dia D, de David Stafford

Neste livro publicado em 2003, o historiador inglês David Stafford descreve uma contagem regressiva para o dia decisivo da operação, revelando uma complexa teia de destinos, erros humanos, disputas políticas e traições, a partir de relatos de políticos, soldados, civis e agentes secretos de ambos os lados do conflito.

Dia D: A batalha pela Normandia, de Antony Beevor

Considerado um dos mais importantes registros históricos já publicados, o livro apresenta uma pesquisa detalhada sobre o evento que definiu o futuro da Segunda Guerra Mundial. Antony Beevor também é autor de publicações sobre outros eventos que marcaram a humanidade, como Berlim 1945 e Stalingrado.

O Dia D, de Stephen E. Ambrose

A mais completa e importante obra sobre o desembarque das tropas na Normandia, O Dia D é uma coleção de memórias baseada em 1.400 relatos feitos pelo General Eisenhower, comandante Supremo das Forças Aliadas, ao autor norte-americano Stephen E. Ambrose. Eisenhower foi eleito, anos depois, o 34º presidente dos Estados Unidos.

O resgate do Soldado Ryan, de 1998

Estrelado por Tom Hanks e dirigido por Steven Spielberg, os primeiros 26 minutos do longa são o retrato mais fiel até hoje do desembarque das tropas na Normandia. O filme, vencedor de cinco prêmios, concorreu ao Oscar em 1999 e conta a história de oito militares à procura do paraquedista Ryan.

O Mais Longo dos Dias, de 1962

Com quase três horas de duração, quatro diretores e mais de 40 estrelas do cinema mundial, o épico traz diálogos em alemão, francês e inglês e apresenta os dois lados da história. O longa foi baseado no livro homônimo, escrito por Cornelius Ryan, em 1959.

Band of Brothers, de 2001

Baseado no livro de mesmo nome do autor norte-americano Stephen E. Ambrose, a minissérie produzida e exibida pela HBO em 2001 retrata com fidelidade os campos de batalha da tomada da Normandia. Para isso, tanques da Segunda Guerra foram restaurados e um avião C-47 autêntico foi usado. Além disso, cerca de 700 armas autênticas, 400 armas de borracha e cerca de 14 mil caixas de munição foram utilizadas em cada dia de filmagem. Band of Brothers também foi dirigido por Steven Spielberg e estrelado por Tom Hanks.