7 fatos curiosos sobre a Independência do Brasil - Traduzca - Tradução juramentada, simultânea e documentos. Orçamento online!
Conheça o “museu invisível” localizado dentro de uma duna na Dinamarca
05/09/2017
Conheça Jakob Fugger: o desconhecido que foi o homem mais rico da história
08/09/2017

7 fatos curiosos sobre a Independência do Brasil

No dia 7 de setembro, celebramos a Independência do Brasil. Por trás da história que resultou na emancipação brasileira, há muitos fatos que nem sempre podem ser conferidos nos livros. Por isso, listamos hoje sete curiosidades que nem sempre são inseridas entre os acontecimentos do período.

independência

 

  1. Dom Pedro I era um jovem de apenas 23 anos quando proclamou a independência. Se você tem em mente a imagem de um príncipe montado em um cavalo durante a proclamação, saiba que, na realidade, D. Pedro I viajava num burro quando parou às margens do Ipiranga no dia 7 de setembro de 1822.

 

  1. O Brado do Ipiranga não foi um contemplado por muitas pessoas. O momento foi testemunhado por apenas oito pessoas e a guarda que acompanhava D. Pedro I era composta por, no máximo, 15 soldados.

 

  1. De acordo com pesquisadores, D. Pedro estava na casa de sua amante quando recebeu a carta de sua esposa, a Imperatriz Leopoldina, avisando-o sobre o golpe idealizado por Portugal.

 

  1. O valor exato pago por Dom Pedro I pela Independência do Brasil foi de 2 milhões de libras. Na época, a elite também queria que ele levasse Angola para facilitar o comércio de escravos, mas Dom Pedro I recusou a oferta.

 

  1. De imediato, apenas três estados aderiram ao reinado de D. Pedro I: São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. As outras regiões foram mais cautelosas e aderiram aos poucos. Inclusive, algumas recorreram às armas em defesa da independência, guerra que ocasionou a morte de, aproximadamente, 2.500 pessoas.

 

  1. Em 1.822, a população brasileira era de apenas 4.5 milhões de pessoas. Isso representa a metade da população atual da cidade de São Paulo.

 

  1. Pedro I não foi o único responsável pela Independência do Brasil. A emancipação foi resultado de uma sucessão de eventos sociais, políticos e econômicos, além de grande participação de uma camada intelectual ligada à elite agrária.

 

 

 



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?
Powered by