Hotel alemão tem quartos inspirados em embaixadas do tempo da Guerra Fria
Iniciativa do príncipe William, prêmio Earthshot promete ser o Nobel de Ambientalismo
13/10/2020
Você sabe a origem do Dia do Professor, comemorado no 15 de outubro?
15/10/2020

Hotel alemão tem quartos inspirados em embaixadas do tempo da Guerra Fria

Com a gradual retomada da normalidade, muitas pessoas já estão procurando opções turísticas para conhecer novos lugares assim que possível. Mesmo com algumas restrições, já é possível planejar o próximo destino. Para quem gosta de história, a dica de hoje é a cidade de Bonn, na Alemanha, onde um hotel decorou quatro quartos com a temática de embaixadas dos países que venceram a II Guerra Mundial: Estados Unidos, União Soviética, Reino Unido e França.

Bonn foi a capital provisória e sede de governo da República Federal da Alemanha, entre 1949 e 1989. Por ser o centro político da Alemanha Ocidental, mais de 150 embaixadas se instalaram na cidade, e cerca de 10 mil diplomatas trabalhavam lá. Com a reunificação do país em 1999, e Berlim escolhida como a única capital, os postos internacionais deixaram o local, mas a história permanece em alguns prédios e no hotel Rheinland.

Para moradores de Bonn e turistas que desejam reviver um pouco do período, o Hotel Rheinland preparou quatro quartos com a temática que remete às das embaixadas que ficavam na cidade. A decoração das hospedagens conta com itens originais do período da Guerra Fria, como móveis, tapeçaria, papel de parede e eletrônicos. Dois telefones vermelhos, um no quarto norte-americano, e outro no quarto soviético, dão o clima do lugar. Uma varanda liga as duas acomodações, possibilitando que os “chefes de Estado” tenham conversas “extraoficiais”.

Reservas disponíveis

Quadros, revistas e bebidas características de cada país fazem com que os hóspedes se sintam entre os anos de 1960, 1970, 1980 e 1990. Interessados em se hospedar no hotel Rheinland devem fazer reservas pelo site. A acomodação – ou embaixada – só é revelada no momento do check-in, mas é possível sinalizar uma preferência. Em entrevista ao jornal Deutsche Welle, o gerente do local diz que mais quartos serão decorados com objetos de outros países, como o Brasil, por exemplo. As próximas nações homenageadas, porém, não podem ser reveladas, pois “isso é segredo diplomático”, brinca.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?