Impressoras 3D auxiliam médicos e hospitais italianos no tratamento contra o novo coronavírus
Conheça Lupe Hernandez, a enfermeira que criou o álcool em gel 70%
23/03/2020
Em artigo, astronauta publica dicas sobre o que fazer durante períodos de isolamento
25/03/2020

Impressoras 3D auxiliam médicos e hospitais italianos no tratamento contra o novo coronavírus

A pandemia do novo coronavírus (COVID-19), iniciada na China em novembro de 2019, atingiu fortemente a Itália este ano. O país registra milhares de casos, sendo a maior parte na região da Lombardia, no norte do país. O governo italiano mobiliza esforços para conter o avanço da doença, mas a falta de alguns equipamentos tem prejudicado o atendimento aos doentes, como uma pequena válvula de plástico utilizada em um equipamento no setor de terapia intensiva. Este problema, porém, tem sido resolvido em alguns lugares com o auxílio de impressoras 3D com capacidade de imprimir dezenas de unidades do produto em poucas horas.

Uma das primeiras cidades italianas a sentir a falta da peça foi Brescia, localizada na região da Lombardia. Para resolver o problema, um grupo de médicos que trabalha em um dos tantos hospitais que recebem pessoas infectadas com o novo coronavírus entrou em contato com Massimo Temporelli, proprietário de um espaço de produções em 3D, perguntando se era possível produzir o equipamento em impressoras 3D de forma rápida, barata e acessível. Aceitando o desafio, o empresário entrou em contato com o engenheiro Christian Fracassi, que desenvolveu o desenho da peça digitalmente e imprimiu alguns protótipos.

Questa mattina di buon ora mi ha svegliato al telefono Nunzia Vallini, la direttrice del Giornale di Brescia, con cui…

Posted by Massimo Temporelli on Friday, March 13, 2020

Em poucas horas, várias peças já haviam sido impressas e dez pacientes que estavam internados na unidade de terapia intensiva do hospital puderam continuar o tratamento contra o novo coronavírus com o auxílio das peças impressas. O sucesso da iniciativa chamou a atenção de outros hospitais e espaços de produção em 3D em vários outros países, que passaram a adotar processos semelhantes. Aqui no Brasil, por exemplo, instituições públicas e privadas que dispõem de impressoras 3D estão auxiliando na produção de protetores de rosto, uma espécie de máscara fundamental no trabalho dos médicos que tratam os doentes.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?
Powered by