Japão vive últimos momentos da era “Heisei”, do Imperador Akihito
Português coleciona imagens de portas e janelas
26/04/2019
Enigma ronda o quadro mais caro já vendido no mundo
30/04/2019

Japão vive últimos momentos da era “Heisei”, do Imperador Akihito

Um momento histórico aguarda o Japão nesta terça-feira, dia 30 de abril. Pela primeira vez, em mais de duzentos anos, um imperador do país deixará o trono ainda em vida para o seu sucessor. Akihito, que está no poder desde 7 de janeiro de 1989, decidiu deixar o cargo em agosto de 2016 devido à idade avançada e à saúde já debilitada. A transição, em execução desde então, só foi possível devido a uma lei de exceção escrita sob medida para o atual governante, que não consegue mais “exercer de corpo e alma” as suas funções.

Com a mudança de poder, o Japão passará também a viver uma nova era. Pela tradição do país, cada imperador inicia uma nova era assim que assume o poder. Logo, a era “Heisei” de Akihito dará espaço à era “Reiwa”, inaugurada pelo seu filho mais velho, o príncipe herdeiro Naruhito. Governo, escolas e hospitais usam a data de início da era em calendários e documentos junto às datas do calendário gregoriano. As moedas em circulação no país também devem ser cunhadas com o novo selo.

Naruhito será o 126º Imperador do Japão. O nome de sua era, “Reiwa”, é a união de dois ideogramas que significam “realização da paz”. O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe disse, em entrevista coletiva, que “significa o nascimento de uma civilização em que reina uma harmonia entre os seres, a chegada da primavera após um forte inverno. Esse nome quer assinalar o início de um período que transborda esperança”. O termo vem de uma milenar antologia de poemas japoneses chamada “Manyoshu”. O chefe do executivo disse que será “a primeira vez que se usa um termo procedente de textos japoneses” e não de chineses.

A cerimônia de abdicação do Imperador Akihito será na Câmara do Pinheiro, o mais luxuoso salão do Palácio Imperial do Japão. A posse de Naruhito acontece no dia seguinte, no mesmo local, porém num ritual mais curto. Seu primeiro ato oficial será em 4 de maio, quando fará uma saudação à multidão da varanda do palácio. Sua coroação oficial, porém, acontecerá apenas em 22 de outubro, com a presença de chefes de Estado do mundo todo.



1
Olá! Como podemos te ajudar?
Powered by