NASA divulga última imagem captada pela sonda Opportunity
A moeda de 50 centavos de libra esterlina apresenta o nome de Stephen Hawking, um um buraco negro e uma das fórmulas desenvolvidas pelo físico inglês ao longa da carreira.
Moeda em homenagem a Stephen Hawking é lançada no Reino Unido
15 de março de 2019
Teoria da evolução das espécies foi escrita por muçulmano mil anos antes de Darwin
19 de março de 2019

NASA divulga última imagem captada pela sonda Opportunity

Com 14 anos de serviços prestados à comunidade científica mundial, a sonda Opportunity deixou de se comunicar com a Terra em junho de 2018, após uma tempestade de poeira em Marte. Operando desde janeiro de 2004 no Planeta Vermelho, o veículo, que tem o tamanho de um carrinho de golfe, viajou mais de 45 quilômetros pelo solo marciano, coletando amostras de solo e captando imagens. A última foto feita pela nave foi divulgada pela agência espacial norte-americana recentemente.

Durante sua última captura, a Opportunity estava localizada na encosta interna da borda oeste da Cratera Endeavour. A foto panorâmica é composta por 354 imagens individuais, coletadas entre 13 de maio e 10 de junho de 2018. Ao longo dos últimos 15 anos, os registros da sonda ajudaram – e continuam ajudando – pesquisadores a estudar os detalhes de Marte. Foi neste último dia que a sonda enfrentou uma forte tempestade de areia e deixou de se comunicar com o nosso planeta.

Último registro da sonda Opportunity (foto: NASA/JPL-CALTECH/CORNELL/ASU)

Um dos pesquisadores responsáveis pela sonda, John Callas, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, disse que “este panorama final incorpora o que tornou nossa Opportunity uma missão tão notável de exploração e descoberta”. O projeto, inicialmente, estava previsto para durar 90 dias em solo marciano, mas acabou ultrapassando todas as expectativas, chegando a uma década e meia de registros inéditos de Marte.

Meses após sem registros, a sonda Opportunity foi localizada com a ajuda do satélite HiRISE, que orbita Marte e tem uma câmera de alta resolução. O pequeno jipe, movido a energia solar, estava imóvel em meio à uma nuvem de areia. Com esta informação, o diretor de ciência da NASA, Thomas Zurbuchen, fez um pronunciamento interno informando que “nossa querida Opportunity se manteve em silêncio: e estou aqui diante de vocês para dizer que a missão está agora cumprida”.