Netflix prepara série de animação sobre a civilização maia
Comprado um brechó, vaso chinês é vendido por mais de R$ 2,5 milhões
11/11/2019
Veneza, na Itália, sofre uma das maiores enchentes da história
13/11/2019

Netflix prepara série de animação sobre a civilização maia

A história de um dos povos mais importantes para a construção da América Latina vai ganhar uma adaptação para as telas de televisores, smartphones e computadores. A Netflix está preparando mais uma série em espanhol para o público latino-americano, desta vez sobre a civilização maia, mas com foco no público infantil. A produção terá formato de desenho animado, contando a saga da princesa Maya em busca de três lutadores míticos. A expectativa de lançamento, segundo os criadores da história, é para 2021.

Em março deste ano, a Netflix anunciou a compra dos direitos sobre o romance Cem Anos de Solidão, do colombiano Gabriel García Márquez, e o livro será transformado em uma série para a plataforma. Como registramos aqui no blog, por exigência do autor, o romance será produzido em espanhol, assim como a animação sobre a civilização maia anunciada recentemente.

Para que a animação sobre a civilização maia saia do papel, a Netflix recrutou um time de especialistas no assunto. O roteiro e a direção da série serão do cineasta mexicano Jorge Gutiérrez, famoso pelas animações Festa no Céu e El Tigre: As Aventuras de Manny Rivera. Silvia Olivas, de Elena de Avalor, e Jeff Ranjo, de Moana: Um Mar de Aventuras, também estão no grupo que desenvolve o projeto. Em comunicado, a plataforma de streaming diz que “a minissérie acompanha a jornada de uma princesa guerreira para recrutar três combatentes lendários e salvar o mundo dos homens e dos deuses”.

Desenvolvida entre os anos de 2 600 a.C. e 1697 d.C., a civilização maia é uma das mais importantes culturas da América pré-colombiana. Além de ter grande representatividade na arte, arquitetura, matemática e astronomia, o povo maia desenvolveu no seu idioma o único sistema de escrita do Novo Mundo. Recentemente falamos aqui no blog da Traduzca que alguns objetos do sítio arqueológico de Palenque, no México, foram digitalizados e disponibilizados para visualização na internet.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?
Powered by