No Dia dos Namorados, cinco casais da literatura mundial
Obra em Barcelona está em construção há mais de 130 anos
11 de junho de 2019
Pequeno país da Oceania fala mais de 800 idiomas diferentes
13 de junho de 2019

No Dia dos Namorados, cinco casais da literatura mundial

Hoje é o dia em que acompanhamos pelas redes sociais declarações apaixonadas, juras de amor e fotos românticas. Celebrado em outros países, como Itália, Inglaterra e Estados Unidos, em 14 de fevereiro, o Dia dos Namorados é comemorado no Brasil desde 1949 em 12 de junho, véspera do Dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. Para não ficar de fora do momento, hoje o blog da Traduzca apresenta cinco casais que marcaram a literatura mundial.

Romeu e Julieta, da obra Romeu e Julieta, de William Shakespeare

Clássico da literatura mundial, o livro escrito no final do século XVI narra o amor impossível entre Romeu Montecchio e Julieta Capuleto, membros de famílias italianas rivais, que se apaixonam durante uma festa realizada pela família de Julieta. A trama, que também passa nos anos de 1500, encerra com uma tragédia.

Bentinho e Capitu, da obra Dom Casmurro, de Machado de Assis

Clássico da literatura nacional, o romance Dom Casmurro, escrito por Machado de Assis, conta a história de amor entre Bento Santiago, o Bentinho, e Capitu. Certo de que está sendo traído pela amada com o melhor amigo e de que não é o pai do filho de Capitu, Bentinho decide se separar no exterior, para não levantar dúvidas na sociedade da época.

Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy, da obra Orgulho e Preconceito, de Jane Austen

Jane Austen é, sem dúvidas, uma das principais autoras da literatura britânica. Neste romance, que passa em 1813, a escritora conta a história de Elizabeth e Mr. Darcy, que a princípio não teriam nada em comum, mas o inusitado acontece, e um clima começa a pintar.

Tom e Goldberry Bombadil, da trilogia O Senhor dos Anéis, J.R.R. Tolkien

O casal que abriga os hobbits Frodo, Sam, Pippin e Merry,. que escapam dos Cavaleiros Negros na Floresta Velha, tem um relacionamento perfeito. Já idosos, Tom faz tudo para garantir que os lírios, flores prediletas de Goldberry, estejam na mesa da sala antes do fim do dia.

Winston e Júlia, da obra 1984, George Orwell

Este é, sem dúvidas, um dos livros mais importantes do século XX. Num mundo onde o Estado controla tudo e todos em todos os níveis possíveis, Winston e Júlia precisam se esconder dos olhos do Grande Irmão para poderem viver o romance. O fim da história desse casal é um dos mais intensos da lista.