Os cinco cartões postais com a vizinhança mais cara do mundo - Traduzca - Tradução juramentada, simultânea e documentos. Orçamento online!
Árvore centenária é transformada em biblioteca pública nos Estados Unidos
6 de fevereiro de 2019
Conheça a Emojipedia, a enciclopédia que reúne todos os emojis existentes
8 de fevereiro de 2019

Os cinco cartões postais com a vizinhança mais cara do mundo

Viajar, conhecer novos lugares, fazer novas amizades, aproveitar a vida. Certamente você já percebeu que estamos falando muito sobre esse assunto nos últimos dias aqui no blog da Traduzca. E tem um motivo especial: é muito bom fazer isso! Visitar espaços que só conhecemos pela internet ou revistas, estar onde fatos importantes da história aconteceram… Só existe uma coisa melhor que passear por esses locais. Morar ao lado. Hoje vamos descobrir quanto custa viver ao lado de alguns dos principais pontos turísticos do mundo.

A empresa de cruzeiros Bolsover Cruise Club pesquisou 20 dos lugares mais visitados do mundo e fez um levantamento de preços de moradia. Para chegar ao resultado final, os pesquisadores calcularam o valor do metro quadrado de um apartamento no centro de cada cidade que abriga um dos pontos turísticos e, depois, registraram os preços de apartamentos médios localizados a, no máximo, 1,6 km dos pontos determinados. Vamos ao resultado.

Letreiro de Hollywood, em Los Angeles

Este é o ponto turístico que tem a vista mais cara do mundo. Segundo o levantamento realizado, morar perto do local custa, aproximadamente , US$ 1,5 milhão a mais do que em outra área de Los Angeles. Quem deseja ser vizinho do letreiro precisa pagar, em média, 1,057% a mais que os outros moradores da cidade.

Burj Khalifa, em Dubai

Ser vizinho do prédio mais alto do mundo, também, não é barato. O levantamento aponta que, para morar perto do edifício, o interessado precisa pagar US$ 1 milhão a mais que em outros lugares de Dubai. Isso é 687% mais caro que os imóveis da região.

Washington Monument, em Washington, D.C.

Morar de frente para o mais famoso obelisco do mundo, símbolo da capital dos Estados Unidos, não é para qualquer um. Um apartamento nas redondezas custa, em média, US$ 2,3 milhões (cerca de 678%) a mais que em outros pontos da cidade.

Opera House, em Sydney

Confundida como a capital da Austrália, Sydney é a cidade de um dos lugares mais conhecidos do mundo: a Opera House. O design inconfundível tem uma vizinhança bem cara. Os apartamentos próximos do teatro custam aproximadamente US$ 2,9 milhões a mais que os mais afastados. Isso representa um valor 459% superior aos outros imóveis.

Torre Eiffel, em Paris

O cartão postal mais visitado da Terra ocupa a quinta posição do ranking. O levantamento apontou que os vizinhos da Torre Eiffel pagaram US$ 1,15 milhão a mais por seus apartamentos, em comparação com outros bairros da cidade. O valor representa 334% mais que o valor de residências mais afastadas.

Para conhecer todos os pontos turísticos pesquisados pela empresa Bolsover Cruise Club, clique aqui. Ah, e aproveite para conhecer também o único lugar famoso em que é mais barato morar perto que afastado.