Quatro curiosidades sobre Quino, cartunista criador da Mafalda
30 de setembro, Dia do Tradutor
30/09/2020
Saiba quais são os passos para solicitar a cidadania italiana no Brasil
02/10/2020

Quatro curiosidades sobre Quino, cartunista criador da Mafalda

A cultura popular mundial perdeu um de seus principais cartunistas. O argentino Joaquín Salvador Lavado Tejón, conhecido como Quino, criador da personagem Mafalda, faleceu na última quarta-feira, dia 30 de outubro, aos 88 anos. Sua arte, que deu vida a uma menina questionadora sobre os problemas do mundo, marcou gerações. Hoje o blog da Traduzca apresenta quatro curiosidades sobre sua vida e carreira.

A cultura popular mundial perdeu um de seus principais cartunistas. O argentino Joaquín Salvador Lavado Tejón, conhecido como Quino, criador da personagem Mafalda, faleceu na última quarta-feira, dia 30 de outubro, aos 88 anos. Sua arte, que deu vida a uma menina questionadora sobre os problemas do mundo, marcou gerações. Hoje o blog da Traduzca apresenta quatro curiosidades sobre sua vida e carreira.

Nascimento e primeiros traços

Filho de imigrantes espanhóis, Joaquim recebeu o apelido de Quino logo nos primeiros dias de vida, em 1932, para diferenciá-lo de seu tio homônimo. Por coincidência, foi com seu tio, que também era desenhista, que ele aprendeu a desenhar e desenvolveu o gosto pela arte. Aos 17 anos, vendeu o seu primeiro desenho animado, um anúncio de uma loja de seda.

Origem da Mafalda

Conhecida por refletir sobre economia e os problemas do mundo, a primeira aparição de Mafalda foi em um anúncio de eletrodomésticos, em 1963. A intenção era criar uma família de personagens, com todos os nomes começando com a letra M, para divulgar a nova linha de produtos para casa em uma tira de jornal. A campanha publicitária, porém, nunca foi lançada e os desenhos ficaram guardados com o argentino. Meses depois, Quino foi convidado para publicar uma tirinha em um jornal e foi aí que Mafalda foi apresentada ao público.

Conhecida por refletir sobre economia e os problemas do mundo, a primeira aparição de Mafalda foi em um anúncio de eletrodomésticos, em 1963. A intenção era criar uma família de personagens, com todos os nomes começando com a letra M, para divulgar a nova linha de produtos para casa em uma tira de jornal. A campanha publicitária, porém, nunca foi lançada e os desenhos ficaram guardados com o argentino. Meses depois, Quino foi convidado para publicar uma tirinha em um jornal e foi aí que Mafalda foi apresentada ao público.

A verdadeira identidade de Felipe

Felipe, o amigo de Mafalda, também existiu na vida real. Suas características físicas, como “dentes de coelho, rosto comprido e cabelos desgrenhados”, sãs as mesmas do jornalista argentino Jorge Timossi, amigo de Quino. O jornalista, que trabalhava em Cuba, ficou sabendo da homenagem durante uma viagem à Argélia. Tempos depois, quando estava no Chile, enviou uma carta a Quino e recebeu como resposta a confirmação.

Traduzida para mais de 30 idiomas

Mafalda foi sucesso não apenas na Argentina, mas no mundo todo. As tirinhas irônicas foram traduzidas para mais de 30 idiomas, como português, italiano, francês, hebraico, alemão, coreano e inglês. As tirinhas publicadas em jornais também viraram livros, que foram publicados em diversos países.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?