Quatro sugestões de livros sobre a história do Brasil imperial
Dois fenômenos naturais são registrados no continente americano simultaneamente
25/06/2020
Cidade da Sibéria registra a maior temperatura da história da região
29/06/2020

Quatro sugestões de livros sobre a história do Brasil imperial

Nas últimas semanas, publicamos aqui no blog da Traduzca uma série de conteúdos onde verificamos algumas curiosidades sobre história, principalmente sobre o período imperial do Brasil. Desde sempre, a vida dos membros da antiga família real brasileira foi tema de muitas obras culturais, como filmes, peças teatrais, novelas e livros. Para iniciar o fim de semana, hoje o blog da Traduzca apresenta quatro sugestões de livros para quem deseja conhecer melhor como era a sociedade brasileira durante o período imperial.

Coleção 1808, 1822 e 1889, de Laurentino Gomes

Nossa primeira sugestão são três livros. O jornalista e escritor Laurentino Gomes é autor de obras que narram, de forma didática e leve, três importantes períodos da história brasileira. Em 1808, conta como foi a vinda da família real para o Brasil, fugindo de Napoleão. O segundo, 1822, narra o antes, o durante e o depois do processo de independência do Brasil, proclamada por Dom Pedro I. Já o terceiro, 1889, conta os últimos anos do Brasil império e o início da República no país.

Nossa primeira sugestão são três livros. O jornalista e escritor Laurentino Gomes é autor de obras que narram, de forma didática e leve, três importantes períodos da história brasileira. Em 1808, conta como foi a vinda da família real para o Brasil, fugindo de Napoleão. O segundo, 1822, narra o antes, o durante e o depois do processo de independência do Brasil, proclamada por Dom Pedro I. Já o terceiro, 1889, conta os últimos anos do Brasil império e o início da República no país.

A história da Princesa Isabel, de Regina Echeverria

Desde a infância, Isabel foi preparada para suceder Dom Pedro II, chegando a governar o Brasil por três anos e meio. Com riqueza de detalhes, a jornalista e escritora Regina Echeverria conta como foi a vida da última princesa brasileira a partir de cartas escritas por ela ao pai, o Imperador D. Pedro II, à mãe, a Imperatriz D. Tereza Cristina, ao marido, o Conde D’Eu, e à sua preceptora, a Condessa de Barral.

Desde a infância, Isabel foi preparada para suceder Dom Pedro II, chegando a governar o Brasil por três anos e meio. Com riqueza de detalhes, a jornalista e escritora Regina Echeverria conta como foi a vida da última princesa brasileira a partir de cartas escritas por ela ao pai, o Imperador D. Pedro II, à mãe, a Imperatriz D. Tereza Cristina, ao marido, o Conde D'Eu, e à sua preceptora, a Condessa de Barral.

A Carne e o Sangue, de Mary Del Priore

Uma das principais histórias do período imperial brasileiro é o triângulo amoroso entre Dom Pedro I, sua esposa, Dona Leopoldina, e sua amante Domitila, a Marquesa de Santos. Publicada em 2010, a trama da historiadora e escritora Mary Del Priore conta com informações até então inéditas, com detalhes sobre o que aconteceu durante o reinado do primeiro imperador do Brasil.

Escravidão, Laurentino Gomes

Laurentino Gomes volta a figurar na nossa lista de sugestões. A obra tem três volumes e o primeiro, publicado em 2019, parte do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, no Brasil. Os próximos dois volumes ainda não têm data de lançamento definida, deixando os leitores na expectativa.

Laurentino Gomes volta a figurar na nossa lista de sugestões. A obra tem três volumes e o primeiro, publicado em 2019, parte do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, no Brasil. Os próximos dois volumes ainda não têm data de lançamento definida, deixando os leitores na expectativa.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?