Queda do Muro de Berlim completa 30 anos neste sábado, 9 de novembro
Cinco museus a céu aberto para visitação
07/11/2019
Comprado um brechó, vaso chinês é vendido por mais de R$ 2,5 milhões
11/11/2019

Queda do Muro de Berlim completa 30 anos neste sábado, 9 de novembro

Um dos principais acontecimentos da história recente da humanidade completa 30 anos neste sábado, 9 de novembro. A queda do Muro de Berlim marcou o início da reunificação da Alemanha, que voltou a ser um só país após 28 anos de separação. Além disso, a derrubada da construção simbolizou também o fim da Guerra Fria entre os Estados Unidos e a União Soviética após a II Guerra Mundial.

Para entender por que o muro foi construído, precisamos voltar até 1945, quando Inglaterra, Estados Unidos, França e União Soviética ocuparam a Alemanha, que fora derrotada no conflito. Os três primeiros países, porém, possuíam um alinhamento ideológico diferente da nação soviética, constituindo a “zona tripartida” e formando a República Federal da Alemanha, no lado ocidental. Já a União Soviética ficou com o lado oriental, criando a República Democrática Alemã. Como a Guerra Fria estava começando e os dois lado seguiam em conflito, o lado oriental decidiu criar uma barreira física, erguendo um muro no meio da antiga capital Berlim, em frente ao Portão de Brandemburgo, um dos principais símbolos da cidade.

A construção do Muro de Berlim começou na noite de 13 de agosto de 1961. Com 155 km de comprimento, 66,5 km de grades metálicas, 302 torres de observação, 127 redes eletrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para cães de guarda, o muro era guardado por militares da Alemanha Oriental, que tinham como função impedir a passagem de quem tentasse passar para o lado ocidental. A construção bloqueou ruas, linhas de trem e metrô e dividiu famílias.

Com o tempo, o governo da Alemanha Oriental foi perdendo força, sendo o fim do conflito entre os dois lados era questão de tempo. Em uma transmissão ao vivo pela TV pública às 19h do dia 9 de novembro de 1989, durante um pronunciamento oficial, o porta-voz da comissão política do Partido Socialista Unificado da Alemanha Oriental, Günter Schabowski, recebe um documento e não acredita no que lê. Questionado sobre a abertura do muro para o livre trânsito de pessoas entre os dois lados, ele diz que “até onde eu entendo, isso entra em vigor de maneira imediata, sem demora”. Após o anúncio, milhares de alemães foram até a construção comemorar e ajudar a demolir o símbolo da separação alemã.



1
Olá! Como podemos te ajudar?
Powered by