Revelado mais um mistério sobre a obra Salvator Mundi, de Leonardo da Vinci
Projeto em construção no Brasil vai desvendar mistérios do Universo
16/01/2020
Para esclarecer esta dúvida, hoje explicamos o que é e como utilizar o serviço de tradução juramentada, que é oferecido pela Traduzca.
Conheça a diferença entre tradução simples e juramentada
20/01/2020

Revelado mais um mistério sobre a obra Salvator Mundi, de Leonardo da Vinci

As dúvidas surgiram pelas roupas que Leonardo da Vinci pintou através da esfera, que não são distorcidas ou ampliadas.

Leonardo da Vinci, um dos maiores gênios da história da humanidade, continua sendo notícia, mesmo 500 anos após sua morte. A mais recente se refere à obra Salvator Mundi, o quadro mais valioso do mundo, leiloado em 2017 e arrematado 450 milhões de dólares. Em abril de 2019, o blog da Traduzca falou sobre outra polêmica envolvendo a peça, informando que ninguém tinha notícia sobre o paradeiro ou o novo proprietário, cujo nome jamais foi revelado, após o leilão.

Agora, outro mistério sobre a obra foi esclarecido. Desta vez, a controvérsia é sobre a esfera que Jesus segura na mão esquerda. Um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia em Irvine, Estados Unidos, passou a estudar por que objeto não apresenta sinais de refração e reflexo de luz. A pesquisa comprovou que Leonardo da Vinci, um dos maiores polímatas da história, também era um gênio quando o assunto era óptica e física.

As dúvidas surgiram pelas roupas que Leonardo da Vinci pintou através da esfera, que não são distorcidas ou ampliadas.

Segundo o estudo publicado como artigo científico no site arXiv.org, Jesus segura uma esfera oca em vez de sólida, como também era cogitado por especialistas e historiadores da arte. As dúvidas surgiram pelas roupas que Leonardo da Vinci pintou através da esfera, que não são distorcidas ou ampliadas. Outra menção para comprovar a hipótese são as três manchas brancas que o artistas pintou no canto superior direito. Os pesquisadores afirmam que “se o globo fosse uma massa sólida, agiria como uma lente convexa, invertendo e ampliando qualquer coisa por trás dele, o que não ocorre em Salvator Mundi“.

Segundo a publicação, “uma esfera oca não causa tal distorção. Essa análise sugere que Leonardo entendeu essas propriedades ópticas das esferas ocas e como evitar distorções óticas na renderização das dobras da túnica do sujeito”. Para chegar a esta conclusão, a equipe utilizou uma técnica gráfica conhecida como renderização inversa, onde detalhes bidimensionais são transformados em tridimensionais, além de contar com o auxílio do software Maya, para animação e modelagem em 3D.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?