Site cria ranking dos passaportes mais “visa-free”
Imagem de astronauta está esculpida em igreja do século XVI
06/08/2020
Raro fenômeno ‘Olho do Dragão’ se forma em lago japonês
10/08/2020

Site cria ranking dos passaportes mais “visa-free”

Seguidamente falamos aqui no blog da Traduzca sobre a possibilidade que muitos brasileiros têm de solicitar uma cidadania europeia, como italiana, alemã e espanhola, por exemplo. Nestes casos, a dupla nacionalidade dá direito ao passaporte europeu, documento que permite que seus titulares viajem para muitos países “visa-free” ou “livre de visto” na tradução do inglês para o português.

Seguidamente falamos aqui no blog da Traduzca sobre a possibilidade que muitos brasileiros têm de solicitar uma cidadania europeia, como italiana, alemã e espanhola, por exemplo. Nestes casos, a dupla nacionalidade dá direito ao passaporte europeu, documento que permite que seus titulares viajem para muitos países “visa-free” ou “livre de visto” na tradução do inglês para o português.

Por acordos diplomáticos, alguns passaportes permitem a livre entrada de cidadãos de outras nações sem a necessidade de uma autorização prévia, enquanto para outros é necessário se preparar alguns meses antes de embarcar, buscando o visto de entrada e estadia no país. O site Passport Index criou um ranking com os passaportes mais “visa-free”, isto é, os mais poderosos do mundo.

Segundo o ranking do site, o passaporte brasileiro ocupa a 22ª posição mundial, com acesso livre a 80 países. Para outras 118 nações, brasileiros precisam buscar o visto prévio antes de embarcar. Na América Latina, nosso passaporte fica em segundo lugar no ranking de mobilidade, atrás apenas do uruguaio, “visa-free” para 106 países.

Ranking de “visa-free” do Passport Index

Os passaportes europeus dominam as primeiras posições do ranking, com nove nações empatadas na primeira posição. Cidadãos da Bélgica, França, Alemanha, Finlândia, Áustria, Luxemburgo, Espanha, Suíça, e Irlanda, além da Nova Zelândia, na Oceania, têm status “visa-free” para 120 países, seguidos por Suécia, Países Baixos, Dinamarca, Itália, Noruega, Reino Unido, Japão e Austrália, com direito a livre trânsito para 119 nações.

Sem previsão para a retomada das viagens para fora do país, é possível se preparar com tranquilidade para embarcar logo que a situação volte ao normal. Se você está planejando viajar para algum país que não tem acordo de isenção de visto com o Brasil, alguns documentos precisam ser traduzidos do português para o idioma do país de destino. Conheça, além de nossas traduções simples e juramentadas, todos os serviços que oferecemos e solicite um orçamento aqui.



Open chat
1
Olá! Como podemos te ajudar?