Vilarejo italiano vende casas por apenas um euro
Gripe espanhola matou mais que a Primeira e Segunda Guerra Mundial
14 de novembro de 2018
Dicionário Oxford elege “Tóxico” como a palavra de 2018
19 de novembro de 2018

Vilarejo italiano vende casas por apenas um euro

A partir dos anos 60, o vilarejo italiano perdeu cerca de mil habitantes, possuindo hoje pouco mais de 1300 pessoas. Além do problema habitacional, há poucos nascimentos no vilarejo, cerca de seis ao ano.

A partir dos anos 60, o vilarejo italiano perdeu cerca de mil habitantes, possuindo hoje pouco mais de 1300 pessoas. Além do problema habitacional, há poucos nascimentos no vilarejo, cerca de seis ao ano.

A partir dos anos 60, o vilarejo italiano perdeu cerca de mil habitantes, possuindo hoje pouco mais de 1300 pessoas. Além do problema habitacional, há poucos nascimentos no vilarejo, cerca de seis ao ano.

Pode parecer mentira, mas com pouco mais de quatro reais você pode comprar uma casa na Itália. Em uma primeira impressão seria loucura, não? Mas isso está acontecendo em Ollolai, um pequeno vilarejo italiano situado na Ilha da Sardenha. Já falamos de muitas curiosidades sobre a Itália, aqui no blog da Traduzca, mas esse vai te surpreender.

A iniciativa, tomada por governantes locais, se dá porque, a partir dos anos 60, o vilarejo perdeu cerca de mil habitantes, possuindo hoje pouco mais de 1300 pessoas. Além do problema habitacional, há poucos nascimentos no vilarejo, cerca de seis ao ano.

Efisio Arbau, presidente da Câmara, teme que o local se torne uma cidade fantasma. “O nosso desafio é evitar que as nossas tradições únicas caiam no esquecimento”, afirmou. “O orgulho de nosso passado é a nossa força. Sempre fomos um povo forte e não vamos permitir que a nossa cidade morra”.

Ollolai está na região central da ilha italiana de Sardenha, no sul do país. Com uma rotina tranquila e trabalho focado em atividades voltadas para agricultura e artesanato, o vilarejo é pacato. Três vendas já foram concluídas dentro do projeto governamental e já passam de 100 os pedidos de informações sobre o plano, vindos de lugares como Rússia e Austrália.

As regras

As casas são de propriedade de moradores que querem se desfazer delas para não pagarem impostos e taxas. Os imóveis são vendidos como doações que, através de procedimento público, possuem o valor simbólico de 1 euro. O município italiano atua como fiador dos proprietários dessas casas.

Então é fácil adquirir um imóvel pela bagatela de 1 euro, não é? Não! A pessoa compra a casa por esse valor, mas há compromissos que esses compradores devem assumir, como planejar um projeto de reestruturação e reavaliação no prazo de 365 dias após a compra e custear as taxas de notário para registro e transferências. Para garantir a segurança da compra pelo comprador, o município solicita a estipulação de uma apólice de garantia de 5 mil euros por um período de três anos, valor que é reembolsado após vencimento a todo cidadão italiano ou não que cumprir as regras estipuladas.

Comentários